quinta-feira, 5 de março de 2009

Sol Nascente. Energia Vital!

Os monges e mestres de yoga sempre preconizaram que a hora mais rica em energia vital, prana é quando nasce o Sol.
Há muitos anos, quando conheci um mestre indiano que me iniciou na prática do Yoga e também me ensinou o suco antioxidante, comecei a praticar a “Saudação ao Sol”.
Como acordo diariamente às 4 horas da manhã, tenho o hábito de realizar uma das seqüências da saudação ao Sol. São nove posturas ou ásanas, que estimulam a respiração com a troca do ar retido nos pulmões durante o sono pelo ar puro da manhã – rico em oxigênio (prana). Os exercícios são energizantes, ativam a circulação e nos deixa forte para o dia-a-dia.
Hoje presenciei uma das mais lindas manhãs de verão. Céu azul. Quando o Sol nasceu às 6 horas e 4 minutos vi seus primeiros raios por entre as árvores próximas à nascente do Ipiranga na reserva de mata atlântica do Jardim Botânico no Parque do Estado em São Paulo.
Foi um momento mágico. Rico em energia.
Poucos minutos depois encontrava o “Dodô” que já estava correndo desde as 5h45.

5h59 da manhã. Quinto dia de março, décima semana de 2009. Entre palmeiras imperiais, pau-brasil e vitórias-régias chegamos à marca dos 770 quilômetros nos sessenta e quatro dias do ano. A média esta em 12,0 quilômetros por dia. . O acumulado desde 1966 quando iniciei na prática do atletismo esta em 77.307 quilômetros. Uma volta ao redor da Terra tem 39.840 quilômetros pela linha do Equador.

Wanderlei de Oliveira
Foto crédito: Adriana Marmo (Revista Manequim - Editora Abril)

Um comentário:

Jorge disse...

Muito boa a dica mestre Wanderley eu também fui aconselhado por amigos que fazem YOGA a praticar. Caraca vc tem bagagem hein, tens muitos kms na bagagem parabéns!!!

Um abraço e bons treinos,

JORGE CERQUEIRA
www.jmaratona.blogspot.com