quinta-feira, 29 de maio de 2008

Corra com o relógio nas pernas


Esta expressão do português Mário Moniz Pereira ouvi em novembro de 1987 no Estádio José de Alvalade do Sporting Club de Portugal. Moniz Pereira, antes do treino, reuniu seus atletas para explicar o treino que seria realizado naquele dia. Moniz Pereira, 86, é vice-presidente do conselho do Sporting Club de Portugal, foi saltador de triplo, distância e altura na adolescência, é músico, professor, jornalista, escritor e foi técnico de grandes estrelas do atletismo como Carlos Lopes, campeão olímpico e Fernando Mamede, ex-recordista mundial dos 10.000 metros. Correr com o relógio nas pernas simboliza bem o sentido exato de se ter a noção do ritmo que se pretende desenvolver em uma competição. Cada vez mais fica evidenciado que o atletismo, em especial as provas de longa distância, é para pessoas organizadas, determinadas, disciplinadas, que sabem conduzir o treino com inteligência.

Paciência, para no momento certo imprimir ritmos mais fortes.

O melhor indicativo de sua atual condição física: sempre será o seu desempenho nos treinos.Lembre-se: "O que faz parar é o ritmo forte e não a distância”.

Wanderlei de Oliveira

Um comentário:

andre disse...

Por falar em desempenho nos treinos, tenho uma dúvida: estou treinando para minha segunda maratona (em dezembro) e meu treinador realiza testes de 10k todo mes (desde março)para analisar o desempenho. Não te parece exagerado? Um teste de 3 mil não teria o mesmo efeito?

Abraços
Andre